Institucional
Banco de Imagens
Vídeos
 

Assessoria de Imprensa - FAAP

Tel: (11) 3662-7270 / 7271/ 7029

Tatiana Serafino
tserafino@faap.br

Fabiana Dourado
fabiana@oboecomunicacao.com.br

Iracema de Carvalho
iracema@oboecomunicacao.com.br

 

 
Apresentação  |  Últimas Notícias
 

"NÔMADES" DA ARTE ABREM SEUS
ESTÚDIOS NO PRÓXIMO SÁBADO

Oito artistas, de cinco nacionalidades, apresentam seus projetos, trabalhos
e pesquisas ao público na Residência Artística FAAP

Mantida pela Fundação Armando Alvares Penteado, em um prédio histórico no centro de São Paulo, a Residência Artística FAAP recebe todo semestre artistas estrangeiros ou de outros estados brasileiros em busca de uma imersão no seu trabalho. É o caso da colombiana Catalina Jaramillo Quijano e da suíça Lea Meier, que atualmente ocupam os estúdios 41 e 31 do edifício.

Catalina já passou por residências em Madrid e outras no Brasil. Lea também já teve essa experiência na própria Suíça, sua terra Natal. Agora, ao lado de outros artistas -  a irlandesa Rhona Byrne, a alemã Ursula Gaisbauer e os brasileiros Luiza Grosman,  Michel Masson, Nathalie Nery e Noara Quintana - desfrutam dessa experiência em São Paulo.

A Residência Artística oferece tempo e espaço para a pesquisa, investigações e o desenvolvimento de projetos, ações e conexões, explica o professor Marcos Moraes, coordenador dos programas de residências e também do curso de Artes Visuais da FAAP. "Por conta disso, é procurada por artistas de todo o mundo que estão em busca de novas possibilidades de pesquisa, de entrar em contato com outros profissionais, conhecer lugares distintos dos seus habituais e experimentar novos contextos e processos para sua produção e práticas artísticas", completa.

Parte desse processo pode ser conhecido pelo público no próximo sábado (9/6),  durante o Open Studio, momento em que os artistas abrem seus atuais espaços de vida e trabalho. Os visitantes poderão conhecer como cada um dos residentes desenvolve suas pesquisas, além de poder ver e discutir sobre o que já foi elaborado até o momento. Gratuito e aberto ao público, o evento ocorre duas vezes em cada semestre.

Na oportunidade, também será possível assistir à documentação em vídeo da intervenção experimental produzida por três artistas: Ursula Gaisbauer e Rhona Byrne, que participam da Residência Artística FAAP, e Friedrich Engl, outro estrangeiro envolvido no projeto. Denominada Untertage, a instalação site specific consistiu em um processo de apropriação de uma área em reforma na FAAP, dando um novo significado ao espaço que, momentaneamente, foi transformado em "caverna".

 

Open Studio
Data: 9/6 (sábado)
Horário: das 12h às 17h
Local: Residência Artística FAAP
Endereço: Praça do Patriarca, 78 (Edificio Lutetia)
Informações: (11) 3101-1776 ou resartisfaap.info@faap.br
Entrada gratuita

Conheça os artistas que participam do Open Studio:

Catalina Jaramillo Quijano - Colômbia
É formada em Artes Plásticas pela Universidade Nacional de Colômbia, com intercâmbio na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). Exibiu individualmente na Galería Senda (Barcelona, Espanha), Galería Sextante (Bogotá, Colômbia), Galería Jenny Vilà (Cali, Colômbia) e Espacio Odeón (Bogotá, Colômbia). Seu trabalho já foi exposto em galerias e instituições na Colômbia, Chile, Argentina, Brasil, Estados Unidos, Espanha, Bélgica e França. Entre as suas distinções destacam-se o primeiro prêmio no Salón Cano (2007), segundo lugar no Concurso de Arte Joven, Embaixada da Espanha-Colsanitas (2014), Residência El Ranchito, Matadero Madrid (2015), residencia Escuela Flora ars+natura (2016), e residência "Pivô Research Program" (2017).

Lea Meier - Suíça
Trabalha com questões de gênero, corpo, sujeira e desejo. Bacharel (2012) em Artes Visuais pela Universidade de Berna (Suíça) e Master (2015) em Práticas Artísticas Contemporâneas pela Universidade de Genebra. Nos últimos anos, realizou várias performances e exposições em teatros e galerias na Suíça, desenvolveu várias colaborações com artistas da música e da dança: "Les Mauvais Jours Finiront!", "Lipstick Big Enough", "Ma maison est une maison sale". Foi integrante das residências "Watch and Talk" no festival de teatro FAR e Le Programme Commun (2016-17, Nyon, Lausana, Suiça) e Arc artistic residency (2017, Romainmôtier, Suiça).

Luiza Crosman - Rio de Janeiro / Brasil
É artista, escritora e pesquisadora em dinâmicas institucionais, produção de contexto, modos de circulação e observação e agência subjetiva. Formada em Design Gráfico (PUC-Rio 2008), com mestrado em Processos Artísticos Contemporâneos (UERJ 2014) e pós-mestrado em Estudos Avançados de Cenografia e Performatividade (Apass 2017), seu trabalho envolve loops de retroalimentação positiva através de sistemas recursivos e formalização de estratégias institucionais, manifesto em desenho, texto, instalações, workshops e intervenções. Recentemente, a artista participou de exposições e projetos com Iselp, Greylight Projects, Constant, (Bruxelas 2017, 2016), KW (Berlim, 2017), CAC (Vilnius, 2017), CCSP (São Paulo, 2017), Model Gallery (Leeds, 2015), Silvia Cintra BOX4 Gallery (Rio de Janeiro, 2015), SFMOMA (San Francisco, 2014) e Agora (Berlin, 2014). Luiza foi parte da diretoria do espaço de arte Casamata, entre 2014-2017, no Rio de Janeiro. É atualmente pesquisadora da Sommerakademie Paul Klee (Berna, 2017-2019) e fundadora da agência de consultoria Negozio Automatico. Em 2017, ganhou o prêmio Sabam for Culture, em Bruxelas. 

Michel Masson - Rio de Janeiro / Brasil
É graduado em Arquitetura e Urbanismo pela FAU/UFRJ, mestre em Design e Doutor em História pela PUC-Rio, com período de pesquisa na Columbia University Graduate School of Architecture, Planning and Preservation, Nova York. Desde 2015 desenvolve no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura da PUC-Rio o projeto Mídia-Cidade. Suas pesquisas nos campos teórico e prático exploram as relações entre arte, arquitetura e cidade. Vive e trabalha no Rio de Janeiro.

Nathalie Nery - Rio de Janeiro / Brasil
Nascida no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha, graduou-se em psicologia pela PUC - RJ, com pós-graduação em Clínica Psicanalítica na mesma universidade. Durante doze anos trabalhou com pacientes psicóticos dentro e fora de Hospitais Psiquiátricos, inclusive na França, onde estagiou em La Bord, clínica dirigida e supervisionada por Jean Oury e Felix Guattari.

A formação artística foi em grande parte feita na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Sua trajetória artística está relacionada à materialização do tempo e do inconsciente em um determinado espaço. Ultimamente, tem trabalhado com folhas mortas catadas e "devolvidas" à árvore. Essa pesquisa procura novos sentidos na natureza como sendo uma metáfora da natureza humana.

Noara Quintana - Santa Catarina / Brasil
É artista visual, nascida em Florianópolis. Através de práticas entre escultura, instalação e fotografia, seu trabalho explora a fronteira entre geometria, poética e política. Mestra em Artes Visuais pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), graduou-se em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), e estudou Belas Artes na Universidade do País Basco (UPV/EHU), Espanha. Participou de diversas exposições, entre elas no Museu de Artes de Ribeirão Preto, na Galeria Gentil Carioca e no Museu de Arte de Santa Catarina. Recentemente, integrou programas de residência em São Paulo (Casa Tomada, Ateliê 397), Berlim (GlogauAIR), Angermünde (BetOnest) e Paris (Cité Internationale des Arts com EHESS - École des Hautes Etudes em Sciences Sociales), e suporte de Daniel & Nina (Carasso Fondation).

Rhona Byrne - Irlanda
Nasceu em Dublin, na Irlanda, onde mora e trabalha. Formou-se em Escultura na Faculdade Nacional de Arte e Design. O seu trabalho combina esculturas performativas, eventos esculturais, ambientes espaciais, projetos sensíveis ao contexto, desenho, vídeo e fotografia. Seu trabalho está preocupado com o conhecimento e cognição corporificados relacionados ao espaço construído e social. Já expôs e foi apoiada extensivamente internacionalmente e tem uma pesquisa em andamento sobre psicologia ambiental. Exposições recentes incluem espaços como John Hansard Gallery, South Hampton; Embodied Encounters, Beall Centre for Art and Technology, Irvine, California; The Irish Museum of Modern Art, collection" A decade; Temple Bar Gallery and Studios, Dublin; Mattress factory Museum, Pittsburgh, EUA. A residência de Rhona na FAAP é apoiada pelo Arts Council of Ireland.

Ursula Gaisbauer - Alemanha / Áustria
Em sua obra artística, Ursula Gaisbauer está preocupada com as particularidades do espaço em relação ao tempo. Após a graduação no curso voltado ao Site Specific, foi assistente de Adrien Tirtiaux na Bélgica e França. Vive e trabalha em Viena e é membro do Kunsthalle Wien Denkfabrik. Os trabalhos da artista existem em um contexto espaço-tempo e são dissolvidas após a mudança do valor do material para o valor artístico. Seus materiais de construção são coisas que, em função do uso, ou por estarem incompletos, tornaram-se comercialmente sem valor.

 

Sobre a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP)
Sustentada em três pilares: tradição, cultura e inovação, a FAAP é hoje um grande polo de educação, com Ensino Médio, 19 cursos de graduação, nas áreas de Exatas e Humanas, pós-graduação, cursos de aperfeiçoamento de curta-duração, além de programas de idiomas, intercâmbio e eventos de alto nível que complementam a formação do aluno.  Além de São Paulo, a FAAP está presente em São José dos Campos, em Ribeirão Preto e em Brasília.